DE SAMYE AO VALE DE KATHMANDU

Para ampliar o seu mapa favor clicar no ícone no canto superior direito do mapa

Próxima viagem de 10 a 27 setembro 2017

ITINERÁRIO RESUMIDO

1 o Dia Início KATHMANDU
2 o Dia KATHMANDU KATHMANDU
3 o Dia KATHMANDU KATHMANDU
4 o Dia KATHMANDU KATHMANDU
5 o Dia KATHMANDU KATHMANDU
6 o Dia KATHMANDU TSEDANG
7 o Dia TSEDANG LHASA
8 o Dia LHASA LHASA
9 o Dia LHASA LHASA
10 o Dia LHASA GYANTSE
11 o Dia GYANTSE SHIGATSE
12 o Dia SHIGATSE SHEGAR
13 o Dia SHEGAR RONGBUK
14 o Dia RONGBUK SHIGATSE
15 o Dia SHIGATSE LHASA
16 o Dia LHASA DHULIKHEL
17 o Dia DHULIKHEL KATHMANDU
18 o Dia KATHMANDU Retorno ao Brasil

ITINERÁRIO DETALHADO

1 o Dia Início KATHMANDU

Chorten Nepal Kathmandu Boudhnath

Chegada
Traslado

Tarde livre em Boudhnath

Bem vindo(a) ao Nepal! Da pista do aeroporto, com o tempo permitindo, já é possível avistar as montanhas ao redor do vale. Com seu visto e mala em mãos, será recebido(a) por nosso representante local que estará lhe esperando com uma placa da Chörten. Você já terá saído do Brasil com o número do telefone do Guilherme que, desta forma, acompanhará sua ida ao Nepal, já fará contato durante o traslado e o(a) encontrará em nosso hotel. Para quem chegar pela manhã, uma tarde tranquila em nosso bairro tibetano para começar a se ajustar ao fuso do Nepal. Em volta da grande estupa (tib: chörten)de Boudhanath, repleto de monastérios, onde os tibetanos monásticos e laicos fazem suas koras (circumumbulações), girando as famosas rodas de orações com milhões de Om Mani Padma Hungs, recitando mantras e acendendo lamparinas principalmente nos finais de tarde e bem cedo pelas manhãs.

2 o Dia KATHMANDU KATHMANDU

Chorten Nepal Kathmandu Pharphing -md

Briefing

Pharphing

Thamel

Após merecido descanso da viagem até o Nepal, café da manhã e então faremos o nosso briefing. Conversaremos sobre importantes dicas práticas de viagem no Nepal e no  Tibete como: trânsito, dinheiro, saúde, costumes, etc. Seguiremos então a um vilarejo em uma região mais tranquila ao sul do Vale de Kathmandu, Pharphing. Conheceremos duas importantes cavernas de Guru Rinpoche (Padmasambhava). Aqui, este grande mestre e pai do Budismo no Tibete realizou o terceiro nível de vidyadhara chamado o grande selo. Como o próprio Buda explicou, visitar locais onde grandes mestres viveram e meditaramé uma importante forma de acumulação de méritos. Teremos uma prática de meditação de Buda Sakyamuni conosco, que nos foi autorizada pelo Rinpoche deste monastério e (convite) podemos fazer diariamente em locais auspiciosos como Pharphing, como em nosso hotel quando for mais conveniente. Na pedra ao lado de uma das cavernas que visitaremos, veremos um marca que Guru Rinpoche fez com sua mão. Terminaremos o nosso dia no bairro dos viajantes, Thamel, para uma boa refeição e caso alguém precise comprar agasalho ou algum equipamento de montanha para viagem.

3 o Dia KATHMANDU KATHMANDU

Chorten Nepal Kathmandu Kopan

Monastérios

Kopan

Dudjom

Sakya

Ka-Nying

Shechen

Hoje visitaremos alguns dos principais monastérios do Vale de Kathmandu tendo boas oportunidades para conhecermos um pouco sobre os projetos dos seus grandes mestres. Primeiro visitaremos o Kopan, monastério do Lama Yeshe e do Lama Zopa Rinpoche, onde vivem algumas centenas de monges de todas as idades. É um importante centro de estudo para os sherpas e estrangeiros de todo o mundo. Em seguida, conheceremos os monastérios do Dudjom Rinpoche, chamado Dudjom Gompa, o monastério Sakya de Trinchen Rinpoche na kora da grande estupa de Boudhnath, do Chökyi Nyima Rinpoche, Chökling Rinpoche e Phakchok Rinpoche, chamado Ka-Nying Shedrub Ling, e do Matthieu Ricard, Rabjam Rinpoche e Dilgo Khyentse Rinpoche, chamado Shechen.

4 o Dia KATHMANDU KATHMANDU

Chorten Nepal Kathmandu Pashupatinath md

Pashupatinath

Patan

Visitaremos dois locais hoje, com oportunidade de uma caminhada para quem se animar! O primeiro local é o importante templo hinduísta chamado Pashupatinath. Ao lado do sagrado rio Bagmati, além do templo principal há dezenas de pequenos templos dedicados a Shiva, o deus da destruição e reconstruição do Hinduísmo. Também é o local onde nepaleses que puderem serão cremados para assegurar uma boa passagem ou liberação (moksha). Seguiremos à charmosa Patan, muito famosa pelos seus artistas e bonitos templos. Nela visitaremos um pequeno, muito bem feito e bastante didático museu de arte hinduísta e budista. Nas proximidades, visitaremos o pequeno e belo Templo Dourado, utilizado até os dias de hoje por nepaleses budistas da mesma etnia do próprio Buda Sakyamuni. Final da tarde livre nas livrarias, cafés, lojas de arte budista, de artesanato, roupas e equipamentos de montanha, estupa, templos ou monastérios nas já bem conhecidas Patan, Thamel ou Boudhnath, como cada viajante preferir.

5 o Dia KATHMANDU KATHMANDU

Chorten Nepal Kathmandu Swayambu

Swayambunath
Boudhnath

Hoje faremos uma pequena caminhada na região da segunda maior estupa do vale, Swayambunath (tradução: auto surgida). Diz a lenda que o morro onde está a estupa surgiu no local onde o bodhisatva Manjushri, o bodhisattva da sabedoria, pegou uma flor de lótus após esvaziar o lago onde é hoje o Vale de Kathmandu. Teremos uma vista de toda cidade, faremos nossos koras em volta da estupa e conheceremos seus pequenos monastérios. Após nosso almoço, retornaremos à Boudhnath para acompanhar um puja (prática) em um dos monastérios, fazermos koras com os tibetanos e possivelmente uma prática de meditação. É possível neste dia, se alguém desejar, conhecer mais uma das praças do palácio do vale, a Durbar Square de Kathmandu.

6 o Dia KATHMANDU TSEDANG

Chorten Nepal Himalayas Kathmandu

Yungbulakang
Samye

Traslado ao aeroporto bem cedo para um dos, seguramente, mais bonitos voos do planeta. Voaremos ao lado e então cruzaremos por cima da cordilheira mais alta deste planeta, o Himalaya, até nosso pouso no aeroporto próximo à capital desta região, Lhasa. Se o tempo permitir, avistaremos 4 das apenas 14 montanhas com mais de 8 mil metros de altitude em todo mundo, incluindo o Everest. Do aeroporto seguiremos viagem por mais aprox. 2h e meia a Tsedang. Por ser um pouco mais baixa que Lhasa, aprox. 3100m de altitude, nos ajudará bastante para que nossa aclimatação aconteça de uma forma um pouco mais gradual. Check-in no hotel, descanso com chás e uma caminhada pela cidade.

7 o  TSEDANG LHASA

Chorten Samye - md

Voo
Aclimatação
Caminhada

Próxima a Tsedang, visita a Yambulakhang, o primeiro forte palácio construído pelo rei tibetano Nyatri Tsedpo no séc. II. A 2h da cidade, conheceremos o primeiro e muito importante monastério construído em todo Tibete, Samye. A pedido do rei Trisong Detsen e do mestre indiano Shantarakshita, em forma de uma mandala, Samye foi construído após Guru Rinpoche ser convidado a pacificar os demônios locais. Palco de importantes debates filosóficos na história do Budismo, Samye é um importante local de peregrinação. À tarde viagem de de aprox. 2h de carro à Lhasa, com aprox. 3500m de altitude, capital do Tibete.

8 o  LHASA LHASA

Chorten Lhasa 4

Bharkhor
Jokhang
Norbulingka

Hoje faremos uma caminhada pelas ruas de Bharkhor, tradicional bairro tibetano de Lhasa, onde está o monastério, Jokhang, que abriga a estátua mais sagrada de todo o Tibete, o Jowo Rinpoche. Nossa segunda visita, será ao palácio de verão dos Dalai Lamas, com seus bonitos jardins e vários templos, o Norbulingkha.

9 o  LHASA LHASA

Chorten Lhasa Potala 1 - md

Potala
Sera
Drepung

Dia de visitarmos o palácio Potala, onde S.S. o Dalai Lama em muitas de suas vidas viveu junto com muitos outros monges. Há inúmeros templos e sagradas estupas de grandes mestres para conhecermos. Também visitaremos as importantes universidades monásticas Sera, onde, além dos seus templos, poderemos assistir a um debate entre os monges, e Drepung. Juntas constituem dois dos maiores centros de estudos de budismo no Tibete.

10 o  LHASA GYANTSE

Chorten Gyantse Yamdrok - p md

Yamdrok
Phalkor Chode
Kumbum

Temos uma muito bonita e longa viagem. No caminho passaremos por dois altos passos, o Kamba La e o mais alto Karo La, com 5010m de altitude que nos ajudarão em nossa bastante gradual e cuidadosa aclimatação para esta região. Desceremos então até o mágico lago cor de esmeralda, Yamdrok. Chegaremos nesta tarde em Gyantse, com aprox. 3950m de altitude. Visitaremos o antigo monastério Phalkor Chode onde conheceremos a maior estupa (tib: chörten) do Tibete, do séc. XV, chamada Kumbum. Neste monastério veremos pinturas e estátuas com diferentes estilos dos vistos até então pois estas já tem importante influência dos renomados  artistas nepaleses. À noite, merecido descanso após aprox. 8h de viagem pelo belíssimo platô tibetano. Lembrando que sempre podemos nos reunir, se não em algum local durante o dia, em nosso hotel no final do dia para uma prática de meditação, juntos ou individualmente, como cada viajante preferir.

11 o  GYANTSE SHIGATSE

Chorten Shigatse - md

Tashilllunpo

Nossa viagem segue por aprox. 2h à Shigatse, pernoite intencionalmente com altitude semelhante à anterior, aprox. 3860m, onde visitaremos o grande e importante monastério Tashilllunpo. Visitaremos seus vários muito bonitos e especiais templos, como poderemos fazer uma kora (caminhada) ao seu redor.

12 o  SHIGATSE SHEGAR

Chorten Tibete Sakya - p md

Monastério Sakya

Seguimos viagem hoje por aprox. 7h, passando pelo passo Lhatse, com aprox. 5200m. Visitaremos o importante Monastério Sakya, séc. XIII, principal monastério desta que é uma das 4 principais linhagens do Budismo Tibetano. Visitar sua biblioteca é uma experiência bastante especial. Dormiremos no pequeno vilarejo Shegar já a caminho de nosso destino de amanhã, o campo base da mais alta montanha do nosso planeta!

13 o  SHEGAR RONGBUK

Chorten Tibete Rongbuk Everest 1 - b home size

Rongbuk

Everest

De Shegar seguimos até o pequeno e especial monastério Rongbuk, situado na base da Sagarmatha para os tibetanos, Chomolungma para os nepaleses, mais conhecida como Everest, com seus 8850m de altitude. De Rongbuk, dito ser o monastério mais alto do mundo, com 5050m de altitude, a vista do Everest é belíssima. Se permitido nestes dias, seguimos um pouco mais adiante até chegarmos ao lado do campo base do Everest. Dormiremos na pousada no monastério, com acomodação bastante simples mas seguramente um local que lembraremos de forma muito especial por toda nossa vida. Em especial da vista do Everest no pôr do sol, à noite e no início do dia de um local tão especial.

14 o  RONGBUK SHIGATSE

Chorten Tibete Yak man p md

Pelos próximos dois dias retornaremos à Lhasa com oportunidades de paradas no caminho conforme forem aparecendo nômades como este tibetano da fotografia e monastérios. Viajaremos por boa parte destes dias pelo platô tibetano. Dormiremos em Shigatse.

15 o  SHIGATSE LHASA

Chorten Lhasa 108 - md

Viajaremos durante o dia de hoje de volta a nossa já conhecida Lhasa, com bom hotel e oportunidade de caminhar pela parte antiga da cidade.

16 o  LHASA DHULIKHEL 

Chorten Namo Buddha - g md

Namo Buddha

Pela manhã, retorno ao aeroporto de Lhasa para mais um incrível voo que atravessará a cordilheira mais alta do mundo. Com tempo bom, é possível avistar seis das únicas quatorze montanhas no mundo com mais de oito mil metros de altura. De volta ao Nepal seguiremos ao nosso hotel em uma região bastante tranquila do vale, Dhulikhel, próxima de há mais um importante local do Budismo, Namo Buddha. Em uma vida anterior, Buda Sakyamuni, quando ainda era um bodhisattva, encontrou com uma tigresa faminta sem ter o que dar de comer aos seus filhotes. Buda, por conta do seu nível de realização, ofereceu seu próprio corpo onde há hoje um monastério do Thrangu Rinpoche. Logo abaixo, após uma agradável caminhada, há uma estupa onde os irmãos do Buda, naquela vida, guardaram suas relíquias. Teremos completado a visita às três mais sagradas estupas do Vale de Kathmandu e será uma importante oportunidade para sentarmos, lermos, escrevermos, fotografarmos, caminharmos ou fazermos nossa prática de meditação por alguns minutos agora já no final de nossa viagem. De nossos quartos e do restaurante do nosso hotel, com bom tempo, teremos a vista das nevadas dos Himalayas, região pela qual viajamos nas últimas semanas.

17 o  DHULIKHEL KATHMANDU 

Bhaktapur 2 md

Namo Buddha

Bhaktapur

Após nossa tranquila noite nos arredores do Vale de Kathmandu, seguiremos viagem ao nosso bairro tibetano e hotel em Kathmandu, sendo que no caminho temos a opção de visitarmos a terceira Durbar Square do vale, a bonita Bhaktapur (bhakt: devoção/devotos e pur: cidade hinduísta). Local em que foi gravado, por exemplo, o filme O Pequeno Buda. Caminharemos por suas ruelas medievais, entre templos e antigas casas, incluindo a praça dos oleiros. Final do dia livre para aproveitarmos nosso bairro Boudhnath, retornar à Thamel, como cada viajante preferir. Mais tarde celebraremos nossos dias e experiências juntos por estas incríveis culturas e paisagens com um agradável jantar.

18 o  KATHMANDU Retorno ao Brasil

Chorten Nepal Kathmandu p md

Traslado
Voo

Uma manhã livre ou, como os nossos voos costumam sair de Kathmandu à noite, dia livre para comprar lembranças e aproveitar este país que, seguramente, terá nos oferecido incríveis experiências e tocado bastante. Dar mais uma volta pelos locais que mais gostou, fazer mais algumas koras, caminhar, fotografar, ler, escrever, conhecer mais algum local. Como for melhor e cada viajante preferir. De acordo com horário do seu voo, traslado com assistência ao aeroporto para o voo de volta ao Brasil.